Posso pintar o pelo do meu cachorro em casa?

Fonte de imagens: Unsplash

A prática de pintar cães tem alcançado cada vez mais adeptos, e hoje em dia há até mesmo concursos e shows onde os tutores/proprietários desfilam a arte desenhada em seus cachorros. Vamos avaliar as vantagens e os perigos de pintar o pelo dos cães.

Depende do cachorro

Caso o seu cachorro goste de tomar banho, de ser tocado e de ser escovado, a probabilidade dele se sentir confortável durante o procedimento de pintura dos pelos será maior.

Isso porque ele ficará na sala de banho e tosa por mais tempo que o de costume de um simples banho e tosa, pois terá que aguardar a aplicação da tinta e processo de tingimento, lavagem e secagem do pelo.

Depende da raça

Raças de pelo longo, principalmente as que estão habituadas com tosa, são as mais passíveis de aceitar e gostar de procedimentos estéticos como a pintura de pelos. Mas há raças de cães que possuem maior tendência a reações alérgicas, como raças de cães albinos e cães de pelo curto. Nestes o procedimento não deve ser realizado.

Fonte de imagens: Unsplash

Depende do hábito

Já tive e tenho muitos aluninhos que adoram ir ao pet shop, e realmente se sentem muito confortáveis na mesa do pet, como se estivessem em um spa canino, curtindo cada momento da manipulação que lá é realizada.

Porém, caso o seu cachorro não goste de tomar banho e de ser tosado, e também não se sinta confortável ao ser tocado, não recomendo que você pinte os pelos dele, pois será um processo muito estressante, configurando neste caso maus tratos.

Para que ele aprenda a gostar de banho e tosa, será necessário fazer todo um trabalho de dessensibilização deste processo, iniciando com visitas curtas e rápidas ao pet shop, se possível na presença de um profissional da área de adestramento ou comportamento animal, que como eu, utilize reforços e associações positivas como petiscos, musicoterapia, terapias naturais e Reiki.

Somente após ele estar muito bem condicionado ao hábito de tomar banho, tosar e ir ao pet shop, se mostrando muito confortável nestas situações, daí você poderá analisar a possibilidade de fazer pinturas em seu pelo.

Não exagere tentando pintar o animal por completo, pois passar muito tempo na mesa da sala de banho e tosa pode estressá-lo, mesmo aqueles que estão acostumados ao processo.

Cuidados ao realizar pintura em cães

Agora que você já sabe como avaliar se o seu cachorro pode ou não pintar os pelos, pensando no bem estar dele, vejamos os cuidados a serem tomados.

O ideal é fazer o procedimento em uma clínica de estética canina responsável, com esteticistas profissionais, e que realizam os testes necessários para verificar a sensibilidade na pele do cachorro, utilizando tinta própria para pets.

Há pessoas que utilizam corante de bolo diluído em água, que o animal pode ingerir por se tratar de um produto alimentício. Entretanto, isso pode causar distúrbios gastrointestinais no cão, e da mesma forma que a tintura para pets, também deve ser realizado o teste de alergia antes de aplicar o produto em várias partes do pelo do cachorro. Atenção! Jamais utilize tinta para cabelo humano ou papel crepom! Esses materiais são tóxicos e podem causar graves problemas de saúde para o seu doguinho.

Riscos de pintar os pelos dos cães

Há diversas marcas de tintas para pelo de cachorro no mercado pet e que possuem o Ph modificado, mas ainda assim podem prejudicar a saúde dos cães.

Os principais problemas são:

  • Coceira
  • Vermelhidão
  • Irritação
  • Reações alérgicas graves
  • Óbito após reação alérgica

Por tudo isso é imprescindível realizar os testes de mecha e de pele antes da aplicação em diversas partes do corpo do animal, e também fazer o procedimento com profissionais qualificados em uma clínica de estética pet de sua confiança. Atenção: nunca pinte os pelos de cães doentes e com baixa imunidade, com alergias ou feridas na pele, gestantes, idosos ou filhotes.

Tire todas as suas dúvidas com o estabelecimento

Questione os profissionais do pet shop antes de agendar o procedimento. Pergunte:

  • As tintas que vocês usam possuem quais ingredientes?
  • Há algum nível de toxicidade?
  • Elas são próprias para pets?
  • Em quanto tempo a tinta sairá do pelo do meu cachorro?
  • Vocês aplicam pomada oftálmica protetora na região dos olhos?
  • Quanto tempo demora todo o procedimento?
Fonte de imagens: Unsplash

Pintar os pelos do meu cachorro pode ajudar no adestramento?

Apesar de polêmica, essa prática pode se tornar uma aliada na socialização e tratamento de algumas questões comportamentais como o medo, a timidez e a desconfiança que alguns cães possuem, seja geneticamente ou aprendida ao longo da vida, por exemplo após ter sido maltratado por algum humano. Isso ocorre porque as pessoas ao redor sentem grande atração e emanam afeto e carinho quando veem um cachorro com os pelos coloridos, e o animal sente essa receptividade, gerando mais confiança e conexão com essas pessoas. Isso pode facilitar o processo de aproximação com o ser humano, mesmo para animais que foram vítimas de maus tratos.

Fonte de imagens: Unsplash

Conclusão

Avalie os prós e os contras com carinho e cuidado. Leve sempre em consideração o bem estar do seu pet, que vai muito além das questões estéticas.

Como vimos, essa prática pode até mesmo auxiliar no tratamento de traumas, mas para que seja algo positivo, dependerá de uma série de fatores como os aqui citados.

Fique atento às reações do animal após o procedimento. Se notar coceiras, feridas ou vermelhidão leve-o ao médico veterinário. Qualquer dúvida estou à disposição!

Leia também: Aromaterapia

Flávia Campos

Flávia Campos

Atuo com consultoria para tutores, creches e profissionais da área pet com Educação e Terapias Multiespécies desde 2008, quando criei a empresa Cães Educados, ajudando pessoas a resolverem questões caninas como transtornos comportamentais e emocionais, através de Terapia Comportamental e Terapias Integrativas. Trabalho com cães desde 1996 (meu 1º emprego foi em uma clínica veterinária, após trabalhei em diversas ongs). Cursei Gestão Ambiental, Psicologia, Pós em Naturopatia, sou Mestre em Reiki Usui, Psicoterapeuta Reencarnacionista e Consteladora Familiar Sistêmica.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments